01 – Anemia

Consumir carne vermelha a exemplo da bovina é essencial, porque ela possui quantidade expressiva de ferro. Feijão e beterraba também são indispensáveis. O consumo de leite e derivados deve ser feito de forma planejada durante o dia para não atrapalhar a absorção do ferro presente nos demais alimentos e essenciais no tratamento de anemia.

02 – Controle da Diabetes

Cortar açúcar refinado, incluir aveia e dar preferência a fontes de carboidratos complexos a exemplo da batata doce, mandioca e inhame são essenciais como medidas de controle do índice glicêmico. Esses alimentos liberam energia aos poucos e com isso evitamos o risco de “picos de insulina” no organismo.

03 – Colesterol Alto

Evitar ao máximo frituras, alimentos gordurosos o que inclui alguns tipos de carnes e dar preferência aos grãos integrais. Inclua também 2 colheres de sopa de aveia, pois as fibras ajudam na redução do colesterol. Fazer atividades físicas regularmente como caminhada potencializa os resultados.

04 – Emagrecimento

Evite pular refeições ou demorar muito para tomar café da manhã, porque isso pode retardar a aceleração do seu metabolismo. Atenção: Se comer demais prejudica o emagrecimento, comer pouco também pode causar o mesmo efeito. É indispensável que a quantidade de alimentos consumidos atenda suas necessidades calóricas diárias.

05 – Ganho de Massa Muscular

Quem pratica musculação e busca ganhar massa magra deve aliar treino e descanso à uma dieta balanceada, na qual esteja presente a quantidade diária ideal de macronutrientes (carboidrato, proteína e gordura). Esses macros são calculados com base no peso atual do praticante.

06 – Alimentação Infantil

Dê o exemplo porque é importante que as crianças tenham um bom modelo de comportamento dentro de casa, assim como é importante fazer da refeição uma ocasião especial chamando as crianças para participarem do preparo e, claro, garanta um prato saudável com variedade de cores. E lembre-se de dar preferencia aos alimentos orgânicos e integrais.

07 – Nutrição na Gravidez

Mulheres grávidas sempre devem consumir carnes especialmente vermelhas, leite e seus derivados, cereais integrais, frutas, legumes e folhas. Em alguns casos, pode ser necessário investir em suplementos de micronutrientes como o ferro, o ácido fólico, o ômega 3 e a vitamina B12.

Espero que tenha gostado dessas dicas e se precisar de um Acompanhamento Nutricional Especializado conte conosco! Agende sua consulta pelo 3686-0901.

Ligar
Agende pelo WhatsApp